Concurso

Prémios Novo Bauhaus Europeu 2022

Encontra-se a decorrer, até ao dia 28 de fevereiro, o período para receção de projetos à edição de 2022 dos Prémios do Novo Bauhaus Europeu.

À edição de 2021 concorreram mais de 2000 projetos e ideias que impulsionaram este movimento. A segunda edição pretende agora continuar a dinamizar esta iniciativa transformadora, divulgando novos projetos, ideias e conceitos em torno da criação de lugares mais belos, sustentáveis e inclusivos.

Nesta edição serão atribuídos prémios em quatro categorias distintas, que refletem os eixos temáticos de transformação do movimento Novo Bauhaus Europeu, inspirados nas opiniões e experiências de milhares de cidadãos e organizações da União Europeia.

Encontram-se a concurso as seguintes categorias:

Eixo 1 - Reconectando com a natureza

Eixo 2 - Recuperando o sentimento de pertença

Eixo 3 - Priorizando os territórios e as pessoas que mais precisam

Eixo 4 - Moldando um ecossistema industrial circular e apoiando o pensamento de ciclo de vida

O Novo Bauhaus Europeu pretende melhorar as nossas vidas diárias, focando-se numa melhor convivência em lugares mais belos, sustentáveis ​​e inclusivos. Trata-se de superar os desafios globais com soluções locais para atingir as nossas metas climáticas e apoiar uma transformação mais sustentável.

A informação e formulários de candidatura encontram-se disponíveis na plataforma New European Bauhaus Prizes 2022.

Prémio Gulbenkian Património - Concurso aberto até 31/01/2022

Está aberto o concurso, até ao próximo dia 31 de janeiro de 2022, ao Prémio Gulbenkian Património – Maria Tereza e Vasco Vilalva.

Este concurso distingue projetos de excelência na área da conservação, recuperação, valorização ou divulgação do património português, imóvel ou móvel, tendo o prémio o valor de 50 mil euros.

O prémio Gulbenkian Património – Maria Tereza e Vasco Vilalva foi criado em 2007 e tem por objetivo reconhecer intervenções exemplares em bens móveis ou imóveis de valor cultural que estimulem a preservação e a recuperação do património, nas seguintes condições de elegibilidade:

  • que se reportem a bens imóveis ou móveis de inquestionável valor cultural;
  • que apresentem um projeto de inserção e reutilização (paisagístico, museológico ou outro) sempre que se verificar a alteração da função do bem em causa;
  • levadas a cabo por equipas lideradas por técnicos de qualificação legalmente reconhecida;
  • que não sejam propriedade ou tutela do Estado.

A decisão de atribuição deste prémio é da responsabilidade do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, com base numa proposta elaborada pelo Júri do prémio.

A entrega do prémio será feita numa cerimónia pública, em data e local a anunciar.

As candidaturas devem ser apresentadas em formato digital (ficheiros PDF) e enviadas por correio eletrónico para: premio.gulbenkian-vilalva@gulbenkian.pt.

Conheça o regulamento e consulte todos os anteriores premiados.

Consulte mais informações na página da iniciativa Fundação Calouste Gulbenkian tem aberto, até ao dia 31 de janeiro de 2022, o período de candidaturas ao Prémio Gulbenkian Património – Maria Tereza e Vasco Vilalva, no valor de 50 mil euros, que distingue projetos de excelência na área da conservação, recuperação, valorização ou divulgação do património português, imóvel ou móvel.

Este prémio, atribuído pela primeira vez em 2007, destina-se a assinalar intervenções exemplares em bens móveis ou imóveis de valor cultural que estimulem a preservação e a recuperação do património, nas seguintes condições de elegibilidade:

  • que se reportem a bens imóveis ou móveis de inquestionável valor cultural;
  • que apresentem um projeto de inserção e reutilização (paisagístico, museológico ou outro) sempre que se verificar a alteração da função do bem em causa;
  • levadas a cabo por equipas lideradas por técnicos de qualificação legalmente reconhecida;
  • que não sejam propriedade ou tutela do Estado.

A decisão de atribuição deste prémio é da responsabilidade do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, com base numa proposta elaborada pelo Júri do prémio. A entrega do prémio será feita numa cerimónia pública, em data e local a anunciar.

As candidaturas devem ser apresentadas em formato digital (ficheiros PDF) e enviadas por correio eletrónico para: premio.gulbenkian-vilalva@gulbenkian.pt.

Conheça o regulamento, consulte todos os anteriores premiados e aceda a demais informações na página da iniciativa.

Prémios FORMA ’22 – CONCURSO ABERTO

Encontra-se aberto, até ao dia 16 de setembro de 2022, o período para receção de candidaturas aos Prémios FORMA ’22.

Criado no corrente ano, este prémio, da iniciativa da IF – Ideas Forward e da AP - Anteprojectos, conta com o apoio de diferentes entidades Institucionais, patrocinadores e um município anfitrião que acolhe a organização do concurso, que nesta primeira edição será Lisboa.

Os Prémios FORMA visam distinguir as melhores obras de nova construção executadas no território nacional, que se destaquem pela qualidade e singularidade e que sejam da autoria de Arquitetos, nas seguintes categorias:

C1 -Habitação Unifamiliar (Pública e/ou Privada)

​C2 - Habitação Coletiva (Pública e/ou Privada)

​C3 -Equipamento Coletivo (Pública e/ou Privada) 

​C4 - Espaço Público

​C5 -Jovens Emergentes

​No contexto da organização deste prémio serão ainda promovidos ciclos de conversas, na qual serão abordados todos os temas das categorias dos prémios, envolvendo projetistas, clientes públicos e privados e usuários dos espaços. 

O júri é composto por vários arquitetos com trabalho reconhecido e premiado.

Para mais informações consulte a página oficial dos Prémios FORMA.  

Subscreva RSS - Concurso
X