Atribuição do Prémio Rafael Manzano - Nova Arquitetura Tradicional

O Prémio Ibérico Rafael Manzano de Nova Arquitetura Tradicional, na sua edição de 2021, foi atribuído ao arquiteto espanhol Sergi Bastidas, pelo seu forte compromisso em preservar as tradições arquitetónicas e o uso de materiais naturais com técnicas de construção que moldam a identidade de cada lugar. Sergi Bastidas tem trabalhado principalmente em Maiorca, tanto em novas construções como em restauros, tentando sempre utilizar materiais e técnicas tradicionais. A cerimónia de entrega teve lugar a 17 de novembro de 2021

O Prémio Rafael Manzano tem como finalidade difundir o valor da arquitetura tradicional em Portugal e Espanha, quer no restauro de monumentos e conjuntos urbanos de valor histórico e artístico como na construção nova, através de intervenções capazes de se integrar de forma harmoniosa nos referidos conjuntos.  Os premiados recebem uma recompensa monetária de 50.000 Euros.

Esta foi décima edição do que constitui o maior prémio de arquitetura da Península Ibérica, implementado em Portugal pela Fundação Serra Henriques, com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

Aceda a todas as informações na página desta iniciativa.

X